Envol du Phénix, site accompagnant les transformations en cours.

A FONTE

27/10/2014


MP3
    


Meu Amigo, meu Amado, eu venho ao seu encontro, acompanhada da Ronda dos Arcanjos, para que ressoe, novamente, o Apelo, Apelo para o reconhecimento de si mesmo.

Juntos, acolhamos...

[silêncio]

Eu desenvolverei apenas muito pouco em palavras, porque as palavras desse mundo duraram o bastante.
A hora é para o Silêncio, a hora é para o reconhecimento de si mesmo.
Meu Amigo, meu Amado, acolha…

[silêncio]

A Paz é sua Morada...
A Leveza guia os passos...

Meu Amigo, meu Amado, ouça o Apelo, ouça seu Apelo a si mesmo...

[silêncio]

Acolha, meu Amigo, meu Amado, a Luz.
Acolha tudo, porque tudo é Luz.
A Luz nada rejeita.
Só a ignorância divide e separa.

Então, meu Amigo, meu Amado, acolha e, pelo Amor, limpe suas vestes...

[silêncio]

Meu Amigo, meu Amado, há apenas uma Verdade, aquela do reconhecimento de si mesmo.
Esqueça-se do barulho desse mundo e vá para onde você É.
Reconhecimento de si mesmo é acolher o que sempre esteve aí, de toda a Eternidade.

[silêncio]

Meu Amigo, meu Amado, os Arcanjos ecoam a hora do Apelo.
Acolha...

[silêncio]

Meu Amigo, meu Amado, a Dança da Vida vem celebrar a Verdade, a única Verdade, reconhecimento de si mesmo...

[silêncio]

Meu Amigo, meu Amado, a imobilidade é fonte de todo movimento.
O Silêncio é fonte de todos os sons.
No Silêncio ressoa o Apelo.
Ouça seu Apelo a si mesmo...

[silêncio]

Meu Amigo, meu Amado, seja confiante, seja gentil, seja determinado, seja amoroso.
Assim florirá o reconhecimento de si mesmo.

O Apelo ressoa, e você, meu Amigo, meu Amado, que tem ouvidos para ouvir, você o recebe, você o reconhece, e você mergulha na Verdade que você é.

Meu Amigo, meu Amado, não se atrase nos barulhos desse mundo.
Reconheça o Apelo da Verdade.
Nada pode ferir você, nada pode destruí-lo.
Porque meu Amigo, meu Amado, você É, de toda a Eternidade.

[silêncio]

Meu Amigo, meu Amado, nada há que eu possa dizer-lhe que você já não saiba.
Porque você é Verdade.
Nada há que eu possa mostrar-lhe, nenhum caminho que você já não conheça.
Porque você é o Caminho...
E nada floresce nesse mundo sem que você o distribua.
Porque meu Amigo, meu Amado, você é a Vida.

[silêncio]

Meu Amigo, meu Amado, uma última vez, eu venho dizer-lhe, em companhia da Ronda dos Arcanjos: ouça o Apelo que ressoa, que o convida ao reconhecimento de si mesmo...

[silêncio]

Meu Amigo, meu Amado, acolha todo o meu Amor, e eu lhe digo até sempre, até sempre...

 
 
Transmitido por Air
www.envol-du-phenix.org